Cores

Blogaholic Designs”=

2 de jul de 2010

A arte de fuxicar

Nunca pensei que fuxicar fosse tão difícil. È um exercício de paciência e confesso que estava quase perdendo a minha. Fuxicar é um verbo que acabei de inventar, pois na verdade o que eu estava tentando fazer era uma linda florzinha de retalhos para colocar no meu cachecol e a essa tarefa dá-se o nome de fuxico. Haja paciência! Era um tal de fazer e desmanchar porque nada saía de acordo com o manual de instruções. E levanta e corta e faz molde e costura e enfia a linha na agulha e perde a agulha e perde o ponto e por ai vai. Passei praticamente uma tarde inteira tentando fazer o “raio” do fuxico e para minha total alegria e satisfação eu consegui fazer um! Eu consegui!!!!
É interessante como essa pequena arte pode nos ensinar algo sobre paciência e persistência, pois foi exatamente isso que aprendi. Nesse ato constante de errar para acertar acabei exercitando um lado meu que de vez em quando deixar a desejar. Às vezes tenho a paciência, mas me falta a persistência e vice versa. Como seria bom se pudéssemos aliar paciência e persistência, não é mesmo? Porém nem sempre é possível.
Entre uma furada e outra no dedo tentando acertar o ponto ideal do fuxico aprendi que preciso persistir mais nos meus sonhos. Entre um molde e outro aprendi que preciso ter paciência para atingir meus objetivos.
Às vezes não precisamos de obstáculos muito grandes para verificar o nosso nível de persistência ou paciência. São nos mínimos detalhes que precisamos treinar. Às vezes é o trabalho que não aparece, às vezes é a conquista da faculdade ou até mesmo dentro de um relacionamento. Não importa, pois a todo o momento somos levados a exercitar pelo menos um desses dois sentimentos.
E olha que ser paciente e persistente nos tempos atuais é uma virtude e digo isso porque vivemos a época do “aqui e agora” e isso nos trás um peso emocional tão grande que se não tomarmos cuidado adoeceremos e Certamente Deus não deseja isso para cada um de nós.
Bom, que Deus te dê paciência e persistência para continuar seu trabalho e sua jornada, afinal “fuxicar” é uma arte!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita!!!