Cores

Blogaholic Designs”=

15 de ago de 2011

E orou Elizeu...

Durante  a jornada da nossa vida nos deparamos com exércitos inimigos que ficam a nossa espreita tentando roubar a nossa paz. Num primeiro momento a nossa reação é fazer como servo de Elizeu, que num suspiro de medo diz: Ai, meu senhor! Que faremos? E a pergunta persiste...ai Senhor que farei diante desta ou daquela situação?
Elizeu de pronto disse:  Não temas....mas são os que estão conosco  do que os que estão com eles.
Naquele momento o Senhor Deus tinha se revelado a Elizeu e havia lhe garantido a vitória sobre o exército inimigo.
Não estamos livres das adversidades da vida, mas podemos escolher agir como o servo de Elizeu, que se apavorou,  ou como o próprio Elizeu, que saiu ao encontro do inimigo confiando no Senhor dos Senhores. A escolha é totalmente nossa e as consequências também.
Que a nossa oração seja como a de Elizeu que orou ao Senhor pedindo que Este abrisse os olhos do moço.
Senhor, abra os meus olhos porque  quero ver o milagre da restauração acontecer. Abra Senhor, meus olhos, para que eu veja a salvação da minha família,  para que eu veja minha esperança ser renovada, para que eu veja as pedras sendo removidas, para que eu veja a Tua vida fluir em mim....
Coloque-se diante de Deus e permita que Este abra os seus olhos...


Referência: II Reis 6:15,16,17