Cores

Blogaholic Designs”=

9 de set de 2009

Atalhos...






Outro dia estava conversando com meu esposo sobre os atalhos. Conversamos muito sobre esses caminhos que ora facilitam e ora nos deixam perdidos. Antigamente a vida seguia o seu rumo natural. As coisas caminhavam conforme o andamento do dia e da vida. Tudo tinha o seu tempo para acontecer. Porém, o que acontece hoje em dia? Tenho a sensação de uma aceleração temporal tão grande que chega a assustar.
Lembrei da história do chapeuzinho vermelho. Lembra? Aquela menina que vai visitar a vovó e é motivada a pegar um atalho para chegar mais rápido ao destino. Peguei-me pensando no famoso lobo mau da história, sim, este felino cujo desejo é estragar o passeio da doce menina. E pela estrada a fora segue a menina...
Sabe, nem todo atalho é seguro. Às vezes no afã de chegarmos logo ao destino pegamos caminhos que parecem seguros. Queremos acelerar as coisas, dar um jeitinho a mais e quem sabe dar um empurrãozinho na vida. Entretanto, esse tipo de atitude, pode ser perigoso e pode trazer conseqüências desastrosas a nossa vida.
Não estou afirmando que todo atalho é perigoso, mas que precisamos ter cautela para trilhar os mesmos. Cada caminho, seja ele fácil ou não, nos reservam ensinamentos e são estes mesmos ensinamentos que irão nos sustentar nas adversidades que enfrentaremos ao logo da vida. Pense nisso! Reflita antes de tomar atalhos. Reflita antes de querer dar um jeitinho em tudo. Pergunte se esse caminho é seguro. Pergunte se no final do atalho não existirá um lobo mal querendo frustrar seu objetivo.
Deus conhece os caminhos e os atalhos e se Ele deseja o caminho longo para nós é porque quer nos ensinar algo e nos preparar para enfrentarmos os problemas. Certamente sairemos cansados, mas vitoriosos ao final da trilha.
Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos, os meus caminhos, diz o Senhor” (Is. 55:8).
Fique no caminho e alcance de forma plena e segura o seu objetivo.
Abraços.

Alessandra Gomes