Cores

Blogaholic Designs”=

31 de jul de 2009

As belas que me perdoem, mas beleza não é fundamental.



A frase não é bem essa, pois o autor, que é o grande poeta Vinícius de Moraes, ressalta a beleza da mulher nas famosas linhas dessa poesia. É claro que toda mulher deseja ser linda, atraente e maravilhosa, mas será que essa busca é suficiente para ser realmente feliz? Acho que não, pois o vazio que algumas mulheres deslumbrantes demonstram nos parece dizer o contrário.
A sociedade moderna impõe um padrão de comportamento e beleza que parece nos perseguir a fio. Faça isso! Exercite-se assim! Não coma isso, pois engorda! O peso ideal é “X” ! Use esse creme que dá certo! E por aí caminha a ditadura da beleza moderna.
Quem foi que disse que esse modelo de vida e que “deve” ser seguido é o ideal para mim ou para você? Não quero dizer com isso que a mulher não deva se cuidar, mas o que eu quero ressaltar é que não podemos fazer disso uma prioridade. Há muitas outras coisas importantes e que merecem destaque. Mulheres que não possuem uma beleza estonteante, mas que se destacam por sua determinação e coragem. Mulheres que não possuem o corpo perfeito esculpido dentro de uma academia, mas que trazem nos braços a força da batalha do dia a dia.
A beleza da mulher está na sua inteligência, na busca pela sua maturidade e equilíbrio. A beleza da mulher está na sua força, afinal somos especiais para Deus.
Portanto, cuide-se sim, mas cuide-se por você e para você. Não deixe que regras exteriores dirijam a sua vida. Seja livre para estar bela um dia e no outro não. Seja livre para engordar uns quilinhos a mais sem culpa ou remorso. Seja livre para usar tamanhos p, m ou g. Goste de si mesma, pois primeiro devemos nos aceitar, nos gostar para depois aceitar os outros.
Existe uma canção que se intitula o mover do Espírito e nessa canção há a seguinte frase: “...Você tem valor, o Espírito Santo se move em você!”.
Abraços cheios de liberdade. Viva a vida!




by Alessandra Gomes

29 de jul de 2009

As escolhas


Resolvi falar sobre as escolhas da vida. Talvez o leitor pense que o assunto está muito saturado, pois o que não falta atualmente são literaturas de auto-ajuda que abordem o assunto. Portanto, falemos hoje sobre as escolhas da vida.
As escolhas fazem parte do ciclo vital de qualquer ser humano. A todo instante somos levados a fazer uma escolha. Escolhemos o namorado, o marido, o nome do bebê. Escolhemos a roupa, a cor do cabelo, o sapato, o perfume. Escolhemos a profissão, os amigos, o caminho e a vida que pretendemos trilhar ao longo da nossa existência.
Há escolhas que são fúteis, não nos trarão maiores conseqüências, entretanto, há aquelas que certamente nos acompanharão pelo resto de nossas e, diante disso, pergunto: Quais têm sido as suas escolhas? O que você tem desejado para a sua vida? O que você tem buscado? Vale à pena pensar um pouco sobre isso, não é mesmo?
Deus fez uma escolha que mudou para sempre o destino de toda a humanidade. Ele escolheu salvar o homem através da morte de seu filho Jesus. Ele decidiu por você e por mim. Não é maravilhoso saber que essa escolha nos garante uma eternidade com o Senhor?
Essa atitude de amor nos revela que assim como Deus, que fez a escolha que mudaria para sempre o destino da humanidade, nós também temos responsabilidades naquilo que optamos para nossas vidas. Temos a responsabilidade de, pelo menos, tentar fazer as escolhas certas. Temos a necessidade de buscar orientação para que vivamos uma vida digna, abençoada e plena no Senhor.
Lembre-se: “Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (Jo 3:16)”
Que Deus nos direcione nas escolhas que precisamos fazer todos os dias.
Um forte abraço.



By Alessandra Maria