Cores

Blogaholic Designs”=

14 de abr de 2010

A bolsa de uma mulher

Muitos homens mantêm uma curiosidade acerca do que existe dentro da bolsa de uma mulher e acreditem se quiser, existem muitos que de vez em quando matam essa curiosidade. É engraçado!

Não importa se a bolsa é grande ou pequena; não importa se larga ou estreita; não importa de é de marca ou se comprada em loja popular, pois a questão é que toda mulher não deixa em casa esse acessório do dia a dia.

Particularmente a minha bolsa sempre está cheia. Não de batons ou coisas do tipo, apesar de levar sempre um item desses, mas está cheia de papel de bala, cheia de anotações do dia a dia e principalmente cheia da palavra de Deus. sim, pois a minha bíblia anda comigo a todo tempo. Não que a abra em todo lugar, mas tê-la comigo em todo canto que eu for serve para mim como uma arma poderosa, pois a qualquer momento poderei usá-la e colaborar com o plano de Deus para aquele dia.

Meninas, a bolsa de uma mulher é algo espantoso. Cabe tudo e para qualquer situação inusitada a mulher tira de dentro da sua bolsa um objeto que solucionará a “pendenga do momento”. A unha quebrou? Tem lixa. A cutícula está grande? Tem alicate e por ai vai. O que você menos espera é tirado de dentro da bolsa de uma mulher, afinal, mulher é mulher e o que seria da mulher sem sua bolsa.

Nós somos como bolsas para o nosso Deus. Não que Deus nos trate como acessórios, pelo contrário, pois para Deus somos mais que especiais. O que eu quero dizer é que quando Deus olha para dentro de nós, dentro de nossas “bolsas”, Ele também acha todo material necessário para resolver a “pendenga do dia”. Você compreende o que eu quero dizer? Ele olha para nós e vê capacidade, vê fé (ainda que pequena), vê potencial, vê vontade e outras qualidades a mais. È claro que como toda bolsa, às vezes Deus precisa fazer uma faxina e retirar o excesso que coisas desnecessárias e que deixam a “bolsa suja”, mas a até a faxina de Deus é algo maravilhoso, pois nos torna leve.

Não sei por que quis fazer uma comparação nosso com esse objeto do dia a dia, talvez seja por que ao sair de casa jamais deixamos de levar a nossa bolsa a tiracolo, mas a verdade é que se você que é mulher não deixa de sair sem sua bolsa, um objeto simples e trocável, imagina se Deus deixará de sair com você e te acompanhar para aonde for. Você é insubstituível para esse Deus de amor. Pense nisso!

Não saia de casa sem sua bolsa, mas também não saia de casa sem seu Deus.

A paz!