Cores

Blogaholic Designs”=

8 de abr de 2010

Aparente esterilidade

(Juízes 13)

Estive meditando no livro de juízes e em como se deu o anuncio do nascimento de Sansão. Porém, o que me chamou a atenção foi o fato da mulher de Manoá, pai de Sansão, ser estéril também. Ser estéril até um anjo aparecer e decretar para ela que seria mãe dali a alguns meses. Que coisa tremenda!

Segundo o dicionário, a palavra esterilidade está relacionada à aridez, infecundidade, estado de penúria, escassez, etc. E penso em quantas mulheres se encontram assim, em estado de infecundidade e penúria. Em quantas mulheres estão com as suas “terras sem vida” incapazes de produzir e gerar frutos. Não falo apenas sobre o desejo de ser mãe, mas abarco também outras áreas da nossa vida. Sobre relacionamentos, trabalhos, finanças, auto-estima e por ai segue a lista.

Às vezes não temos mais forças para continuar, até que aparece um anjo do Senhor e nos dá uma palavra que nos gera vida e a nossa aparente esterilidade desaparece, assim como aconteceu com a mulher de Manoá, pois ela gerou Sansão.

Qual é a área da sua vida que necessita receber alimento para se tornar uma terra produtiva? È o casamento? São as finanças? Filhos? Auto-estima? Trabalho? Que tal parar e ouvir a palavra de Vida que Deus tem para você hoje? Talvez você diga: “Já tentei de tudo, mas nada deu certo”, ou “não tenho mais forças para prosseguir”. Quero dizer que a força não vem de você, mas do Deus que você serve e busca. A força não é sua, mas do Deus que com amor e misericórdia supre as nossas necessidades.

Quero desafiá-la a deixar que o Senhor restaure a sua terra. Quero desafiá-la a olhar para o campo e ver, pelos olhos da fé, que este campo produzirá frutos. Que este campo que simboliza todas as áreas da sua vida prosperará. Quero desafiá-la a sair em campo e fazer como Manoá, que ofereceu sacrifícios ao Senhor pela benção recebida.

Que o Senhor te abençoe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita!!!